06/08/2022 às 12h18min - Atualizada em 06/08/2022 às 12h18min

Homem que morreu carbonizado em explosão de carro tinha 'premeditado' matar esposa e filha

G1

Djanir Luiz Rosa Coutinho, de 36 anos, que morreu carbonizado em uma explosão de carro em Barra do Turvo, no interior de São Paulo, estaria 'transtornado' e teria a intenção de matar a esposa e a filha, disse uma testemunha ocular da tragédia. 

O homem, de acordo com relato feito ao G1, havia brigado com a mulher e entrado no veículo com um galão de gasolina, momento em que acendeu um cigarro e começou a pegar fogo.

Pouco antes do incidente, que ocorreu no fim da tarde da última quinta-feira (4), a esposa de Djanir procurou a Delegacia de Barra do Turvo e registrou um boletim de ocorrência contra o marido, relatando ameaças e violência doméstica. Após o registro, ela resolveu levar o filha até a sede do Conselho Tutelar da cidade.

Segundo a testemunha, a esposa de Djair disse que o marido a havia ameaçado, bem como a filha do casal. "Ele trouxe a gasolina na intenção de matar as duas. A gente entende que ele tinha premeditado".


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp