13/12/2021 às 16h41min - Atualizada em 14/12/2021 às 00h00min

Ergometria em evolução: o ontem, o hoje e o amanhã

Tema será discutido em Live nesta terça (14), às 19h, no Instagram: @micromedbiotecnologia @nemerlpichara

SALA DA NOTÍCIA Micromed
https://micromed.ind.br/
Divulgação
A Micromed dá continuidade a uma série de Lives com o objetivo de esclarecer e alertar a sociedade sobre as doenças que acometem o coração, as formas de preveni-las e de diagnosticá-las. Nesse encontro, o convidado é o dr. Nemer L. Pichara, cardiologista assistente em Eletrocardiologia no InCor – HCFMUSP e titulado pela Sociedade Brasileira de Cardiologia.

A Live será moderada por Ivana de Moraes, especialista em produtos da Micromed. Inscreva-se para receber um lembrete pouco antes do evento começar: https://promo.micromed.ind.br/live-ergometria-em-evolucao.

Durante a Live, dr. Nemer irá abordar os seguintes pontos:
  1. Contexto da ergometria no mundo e no Brasil
  2. Indicações para o teste ergométrico
  3. Outras aplicações e indicações do teste ergométrico (prognóstico, diagnóstico e segurança do método)
  4. Exemplos de cardiopatias que atualmente podem ser avaliadas por este método (valvopatias, hipertróficos, arritmias, indicação e avaliação de marcapasso)
  5. Covid-19: avaliação de pacientes acometidos pela pandemia e a relação do exame no contexto da pandemia
  6. Como utilizar o teste ergométrico para diagnósticos diferenciados e em casos graves da rotina da sala de ergometria?
  7. Estudo de pré-condicionamento isquêmico (PCI)
  8. Ergometria no futuro: o que falta implementar? Quais são, hoje, as limitações do teste
    ergométrico que deveriam ser superadas?
Segundo Dr. Nemer L. Pichara, cardiologista e professor na área de ergometria, é de fundamental importância que os testes ergométricos sejam realizados de forma correta, respeitando os protocolos pré-determinados, para que as enfermidades cardíacas sejam detectadas e tratadas corretamente. “O teste de esforço é muito seguro e simples, porém não está isento de riscos”, ressalta Pichara. “O ergometrista deve sempre motivar o paciente a ir ao limite superior da performance, mas sempre respeitando e adaptando para as limitações de cada um”, finaliza.
Para enviar dúvidas para serem discutidas na Live ou outros temas de interesse, encaminhe para: [email protected].

Sobre a Micromed
O pioneirismo tecnológico sempre foi a marca registrada da Micromed, desde 1992, quando desenvolveu o teste de esforço com três derivações. Também foi a primeira empresa a implementar um filtro digital de 60 Hz, aperfeiçoando a qualidade do exame de teste de esforço. Em 1996, lançou o Ergo PC 13, o teste de esforço com 13 derivações. Em 1999, criou o Ergo PC Elite e foi responsável por possibilitar o acesso de médicos a analisadores de gases portáteis. Até então, equipamentos maiores e de alto custo para teste de esforço cardiopulmonar ficavam restritos às universidades e centros de pesquisa. Depois disso, lançou diversos outros equipamentos e softwares para diagnóstico não invasivo em cardiologia, incluindo soluções de ponta como o Primeiro ECG Digital em Windows que se tornou líder de mercado, e uma plataforma de telemedicina adotada pelas maiores instituições de saúde do país. Disponibiliza, ainda, equipamentos da linha Air, que funcionam com tecnologia Bluetooth e esteira ergométrica feita especialmente de acordo com as necessidades dos brasileiros.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tcheerechim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp