16/03/2022 às 16h46min - Atualizada em 17/03/2022 às 00h01min

CDL/BH celebra antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS e liberação do saque do FGTS

Ao todo, serão injetados na economia R$ 86 bilhões. Valor pode ajudar a diminuir inadimplência e fomentar o consumo

SALA DA NOTÍCIA CDL/BH - Assessoria de Imprensa
www.cdlbh.com.br
O governo federal anunciou hoje, 16, a antecipação do pagamento do 13º salário aos mais de 36 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Nacional (INSS). O pagamento do benefício deve injetar na economia R$ 56 bilhões. Também foi anunciada a liberação de novo saque do FGTS 2022 de até R$ 1 mil por trabalhador com saldo em contas ativas e inativas. Essa liberação deve beneficiar 40 milhões de empregados e colocar em circulação R$ 30 bilhões.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) comemora a notícia. “Esses recursos chegam em momento essencial, já que o cenário inflacionário vem sufocando a capacidade de pagamento e o poder de compra das famílias e muitos trabalhadores estão endividados”, destaca o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva.

De acordo com o dirigente, a renda em circulação pode aquecer o comércio e também reduzir a inadimplência. “Tradicionalmente as pessoas que estão endividadas utilizam o 13º salário para quitarem seus débitos. Nosso conselho para este momento é que o dinheiro seja utilizado para quitar as dívidas que apresentam maiores juros, como cartões de crédito e as contas básicas como água e luz, pois esses são os principais débitos atuais dos belo-horizontinos. Já para os que não estão endividados, é um bom momento para adquirir bens de valor que estejam desejando há algum tempo”, aconselha Souza e Silva.

O presidente da entidade atenta ainda a um fator importante sobre a antecipação do 13º salário dos aposentados: 91% dos brasileiros com mais de 60 anos contribuem financeiramente para o sustento da casa e 52% são os principais responsáveis, como revelou última pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). “Esses aposentados são arrimo de família e sabemos que, neste momento de inflação, toda renda a mais, aumenta a capacidade de pagamento e o poder de compra. A maioria das famílias reduziu o consumo em função do arrocho salarial. Então, proporcionar a esses provedores a antecipação de renda, vai permitir que eles paguem suas dívidas e consumam e isso, certamente, vai refletir positivamente no comércio”, finaliza.
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp