22/03/2022 às 09h00min - Atualizada em 23/03/2022 às 00h00min

Perda de peso: saiba quais são as 10 estratégicas para alcançar seu objetivo

Estima-se que mundialmente, 604 milhões de adultos e 108 milhões de crianças apresentam diagnóstico de obesidade

SALA DA NOTÍCIA Fernanda Sene
Pixabay
-A obesidade é reconhecida como uma epidemia. É uma doença com amplas implicações metabólicas, psicológicas e sociais, e considerada um dos mais importantes problemas de saúde pública que o mundo enfrenta atualmente. Uma fórmula para a conquista do emagrecimento de maneira fácil e rápida — não existe. A busca desenfreada por atalhos, como as diversas opções de chás, shakes, dietas da moda ou remédios disponíveis na internet, podem prejudicar o processo e até levar à morte.

Uma pesquisa recente realizada e publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) aponta que a obesidade atinge cerca de 6,7% dos adolescentes. Já entre os adultos, cerca de 96 milhões de pessoas, ou seja, 60,3% apresentam excesso de peso e 26,8% obesidade, com maior prevalência entre as mulheres.

“O ganho de peso acontece gradualmente. A perda de peso também será assim. Não existe uma pílula ou solução mágica para mudar o quadro de um dia para o outro. Para ter sucesso no processo de emagrecimento é essencial ter o acompanhado de uma equipe multidisciplinar, e o mais importante é ter consciência do problema, ter foco, disciplina e muita força de vontade. Lembre-se: sem comprometimento é impossível conquistar os objetivos”, alerta Priscilla Martins, Mestre em Endocrinologia pela UFRJ.

A perda de peso não pode ser vista por meio de intervenções isoladas, mas sim como o resultado de uma atitude multifatorial. O caráter isolado de uma ação, seja um tipo de treinamento, de dieta ou de medicamento, pode até gerar efeitos em curto prazo, mas a continuidade dos resultados requer readequação para um novo estilo de vida.

“Emagrecer não é apenas mudar a composição corporal, mas transformar gradativamente hábitos e comportamentos que definem o perfil de vida saudável. Esta análise única de “perder gordura” é uma visão limitada de todo o processo que envolve vários fatores. A perda de peso é um processo de mudança de atitudes, não apenas físico, mas também de práticas, comportamentos e, consequentemente, da estrutura física”, orienta Eduardo Netto, diretor técnico da Bodytech e membro do Conselho Federal de Educação Física (CONFEF).

Os especialistas pontuaram 10 estratégias para ajudar a perder peso. Confira:
  1. Consuma menos calorias: o ideal é ficar entre 1200 e 1500 kcal/dia, a dieta deve ser adaptada ao paladar e estilo de vida de cada um, beba água - evite sucos e refrigerante, 50% do prato deve ser de legumes e verduras.
  2. Faça substituições inteligentes e tenha atenção aos rótulos de cada produto. Saber utilizá-los faz parte da busca de um estilo de vida saudável, para fazer boas escolhas e ter conhecimento do que realmente está consumindo. Os ingredientes que aparecem primeiro no rótulo estão presentes em maior quantidade.
  3. Pratique exercícios: comece aos poucos e vá aumentando a intensidade e tempo de treino. Encontre uma atividade para chamar de sua.  Não tenha medo de se jogar nessa busca.
  4. Tenha metas objetivas de exercícios e dieta: avance passo a passo, seja persistente, mantenha seus objetivos e retorne sempre que houver deslizes.
  5. Diário alimentar: faça anotações dos alimentos e quantidades consumidas, data, horário e local das refeições, motivo da alimentação. Essa estratégia ajuda a definir quais são as preferências de cada um e a realizar as adequações e ajustes necessários na rotina alimentar balanceada.
  6. O combo dieta (déficit calórico) e atividade física (ganho de massa muscular e aumento do gasto calórico) caminham juntos na jornada da perda de peso. Estudos comprovam que a combinação é mais eficiente no processo de emagrecimento e reforçam que essa é a melhor opção.
  7. Controle do apetite: evite comprar besteiras para a casa, faça as refeições na mesa (isso diminui a chance de repetir várias vezes), fique longe de distrações (tenha atenção plena na comida essa atitude ajuda a ter maior consciência dos sabores e da quantidade que está sendo consumida) e mastigue lentamente (hormônios liberados pelo trato gastrointestinal estão intimamente relacionados a sensação de saciedade).
  8. Autocuidado: a alimentação saudável também é uma manifestação de amor próprio.
  9. A recompensa: é gratificante constatar que as escolhas que acompanham o novo estilo de vida se tornaram automáticas e prazerosas.
  10. Autoestima: aprenda com os seus erros, não tenha receio de dizer não (é algo libertador), tenha pensamentos positivos, valorize suas qualidades, fique longe de pessoas tóxicas e ame-se.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp