23/03/2022 às 11h40min - Atualizada em 24/03/2022 às 00h00min

Priorizar frutas e hortaliças da estação é uma boa opção para fugir da alta dos alimentos

 Simone Gomes, nutricionista e professora da Una Lafaiete dá dicas ao consumidor 

SALA DA NOTÍCIA Cristiane Miranda Malheiros
Com a alta dos alimentos, o consumidor brasileiro precisa se desdobrar para continuar tendo uma alimentação saudável e diversificada. Por termos uma variedade de legumes, verduras e frutas, é possível continuar alimentando-se bem sem aumentar muito o orçamento doméstico. “Temos sim como substituir alguns alimentos, fazer pesquisas e saber quais os produtos da época, pois esses alimentos costumam sempre ter um preço melhor, além de serem mais nutritivas”, ressalta a nutricionista Simone Gomes, professora da Una Lafaiete, instituição integrante do Ecossistema Ânima Educação.   
   
Outra dica da nutricionista é priorizar a comida feita em casa, evitar fazer refeições em restaurantes. “Existem situações que a pessoa não tem como fazer suas refeições sempre em casa, então pode optar em levar marmitas para almoçar no trabalho; mas, se não tiver jeito, escolha restaurantes que tenham a modalidade de self-service e aposte nos alimentos com baixa densidade calórica e peso”, ensina.

Como o brasileiro não abre mão da dupla arroz e feijão, Simone diz que um prato que pode ser considerado perfeito na dieta diária para um adulto é ter 50% do prato composto de legumes, hortaliças, folhosos; 25% carnes que são as proteínas; e 25% reservados para o arroz e feijão, que são os carboidratos.

E com o preço nas alturas da carne bovina, o que colocar no prato em substituição sem deixar de consumir a proteína tão essencial ao bom funcionamento do organismo? De acordo com Simone, em substituição a carne existem os ovos, os peixes, como a sardinha, as leguminosas que são os grãos de bico, as ervilhas e as lentilhas.

“As quantidades devem ser calculadas em relação ao peso, idade e composição corporal de cada pessoa. Dessa forma, é importante um atendimento nutricional personalizado para que o nutricionista determine as necessidades diárias de macro e micronutrientes”, salienta Simone Gomes.

Sobre a Una

Com 60 anos de tradição em ensino superior, o Centro Universitário Una, que integra o Ecossistema Ânima, oferece mais de 60 opções de cursos de graduação. Está entre os melhores centros universitários do país, pelo MEC, e é destaque na edição 2021 do Guia da Faculdade, iniciativa da Quero Educação com o jornal O Estado de São Paulo. Pelo ranking, a maioria dos seus cursos foi classificada positivamente. A instituição preza pela qualidade acadêmica e oferece projetos de extensão universitária que reforçam seus pilares de inclusão, diversidade, acessibilidade e empregabilidade.
www.una.br

Una, sua parceira de vida.

Sobre a Ânima
Com o propósito de 'Transformar o Brasil pela Educação', a Ânima é o maior e o mais inovador ecossistema de ensino de qualidade do país com um portfólio de marcas valiosas e um dos principais players de educação continuada na área médica. A companhia é formada por uma comunidade de aprendizagem com cerca de 350 mil pessoas, composta por mais de 310 mil estudantes e 18 mil educadores, distribuídos em 18 instituições de ensino superior e em mais de 400 polos educacionais por todo o Brasil. Integradas também ao Ecossistema Ânima estão oito marcas especialistas em suas áreas de atuação, como HSM, HSM University, EBRADI (Escola Brasileira de Direito), Le Cordon Bleu (SP), SingularityU Brazil, Inspirali e Learning Village, primeiro hub de inovação e educação da América Latina, além do Instituto Ânima.
Em 2021, a Ânima conquistou o 1º lugar no setor serviços e ficou na 45ª posição no ranking das 150 empresas mais inovadoras do Brasil pelo Prêmio Valor Inovação –parceria do jornal Valor Econômico e a Strategy&, consultoria estratégica da PwC. Além disso, foi destaque no Guia ESG da revista Exame como uma das vencedoras na categoria Educação e conquistou, em 2019, o prêmio Mulheres na Liderança, na categoria Educação, iniciativa da ONG Women in Leadership in Latin America (WILL). Desde 2013, a companhia está na Bolsa de Valores, no segmento de Novo Mercado, considerado o de mais elevado grau de governança corporativa.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp