25/03/2022 às 14h00min - Atualizada em 27/03/2022 às 00h01min

Por que sua empresa deve começar a aceitar criptomoedas como meio de pagamento

SALA DA NOTÍCIA Victor
 

Criptomoedas são um meio digital de troca que permite transações diretas sem processadores de terceiros. Desse modo, aceitar criptomoedas como pagamento em sua empresa pode reduzir as taxas de transação, mas também apresentar problemas de segurança e compliance.

Apesar de estar sendo negociada ativamente 24 horas por dia, 7 dias por semana, no mundo inteiro, elas não são regulamentadas ou apoiadas por nenhum governo, pois não são facilmente rastreáveis. 

Baseada na tecnologia do blockchain ponto a ponto, ela é descentralizada por natureza. Em outras palavras, nenhum banco central ou governo regula ou responde por ela, eliminando, assim, intermediários. 

Os compradores transferem fundos diretamente para os vendedores sem os terceiros tradicionalmente usados ​​para processar os pagamentos.

Nos últimos anos, ela se tornou uma tendência à medida que violações de dados e hackers se tornam mais sofisticados.Um fabricante de painéis elétricos adotou esse meio por se tornar mais atraente para os olhos dos consumidores que procuram uma maneira mais segura de fazer negócios.

Em comparação com os sistemas tradicionais de pagamento, as criptomoedas oferecem vários benefícios principais que você pode considerar:

  • taxas de transações mais baixas;
  • proteção do comerciante;
  • aumento das vendas;
  • conveniência para os clientes.

Tanto pequenas empresas quanto grandes empresas podem optar por aceitar criptomoedas por esses motivos. Ela está na vanguarda da tecnologia e, por esse motivo, há sérias considerações a serem levadas. 

Benefícios de aceitar criptomoeda

A falta de um intermediário central reduz drasticamente as taxas de transação. As pequenas empresas que aceitam pagamentos com cartão de crédito por meio de empresas de processamento de cartão de crédito geralmente incorrem em taxas consideráveis. 

Esses custos se somam e é por isso que as lojas menores geralmente têm valores mínimos de compra com cartão de crédito em seus sistemas. 

Uma empresa de forros aceitou inovar suas vendas online e utilizar das moedas digitais. Ela teve seus custos por transação reduzidos em pelo menos 2%. 

A configuração descentralizada da também protege os comerciantes contra estornos fraudulentos. As transações com dinheiro ou cartões são, em geral, definitivas porque nenhum terceiro pode reverter as cobranças. 

A criptomoeda, nesse sentido, está blindada pela tecnologia blockchain. Ele, por sua vez, é um banco de dados que armazena informações criptografadas e as encadeia de modo a formar uma única coisa só – uma cadeia bloqueada. 

Esses ativos digitais são copiados e transferidos, criando um registro imutável e irrastreável. Eles são, em seguida, descentralizados, permitindo transparência aos clientes e vendedores. 

Um registro transparente de alterações conserva a integridade das informações, o que traduz a confiança dessa tecnologia. Por esse motivo, a tendência é que as pessoas passem a optar por essa alternativa como meio de pagamento. 

A criptografia permite que pequenas empresas expandam e abram suas portas para compradores internacionais que anteriormente não podiam acessar seus produtos e serviços.

Por exemplo, uma empresa média de cancela automática para veículos relatou vender BRL 300.000 de produtos para quase 40 países aceitando criptomoedas. Esses clientes, por sua vez, se mostraram satisfeitos ao aceitar esse meio de pagamento que fornece uma camada extra de proteção para suas informações.

Portanto, ao adotar as moedas digitais, é possível reduzir custos de processamento de transações, proteger sua empresa contra estornos excessivos, expandir seu mercado e atender às preferências do consumidor.

Como aceitar criptomoeda

A criptomoeda, por outro lado, tem algumas barreiras em sua implementação. Por ser uma tecnologia recente, possui um campo denso de informações e por isso requer muita leitura para sua implementação. 

Se você decidir seguir em frente e começar a aceitar criptomoedas, há algumas etapas que você precisará seguir. No geral, o processo é semelhante ao de uma empresa de processamento de cartão de crédito. 

Para começar, você precisará decidir se deseja usar um processador para aceitar pagamentos ou se deseja aceitá-los manualmente. Usar um processador simplificará o processo, você precisará se registrar em uma empresa que aceita esse tipo de pagamento.

Alternativamente, você pode aceitar pagamentos de criptomoeda para sua pequena empresa manualmente, mas o processo é um pouco mais complicado. Primeiro, você precisará criar uma conta em uma casa de câmbio digital de criptomoedas para que os clientes tenham um lugar para enviar seu pagamento.

Em seguida, você pode adicionar funcionalidades ao seu site (como um QR Code) para que os clientes possam enviar criptomoedas para sua conta de câmbio. 

Por fim, você precisará tomar medidas para retirar sua criptomoeda de sua conta de câmbio, movendo-a para uma carteira digital ou trocando-a por dólares e transferindo os fundos para sua conta bancária comercial. Esse foi o processo bem sucedido feito por uma empresa de cobertura de telha sanduiche.

Mesmo sem obstáculos técnicos para sua implementação, há ainda alguns fatores que os empresários precisarão se atentar. 

Considerações sobre a implementação

O maior risco da moeda digital é a volatilidade dos preços, o que torna seu valor extremamente imprevisível. 

Por um lado, governos não podem manipular o valor das criptomoedas, o que é um risco e um benefício. Por um lado, as criptomoedas são uma proteção contra a inflação monetária. Por outro lado, o valor do bitcoin e de outras criptomoedas é extremamente volátil. 

Por esse motivo, é preciso ponderar para que essa alternativa se adeque à realidade sustentável da sua empresa.

 

Diante dessa situação, uma fabrica de refletores fez um tipo de acordo para lastrear a criptomoeda com a moeda de registro. Assim, apesar da volatilidade, a empresa tornou o processo regular e estável. 

O uso de uma empresa de serviços comerciais também pode ajudar a proteger as  empresas contra essa volatilidade, trocando imediatamente a moeda digital por seu valor em dinheiro.

Por meio desses serviços, os pagamentos em criptomoeda são feitos em tempo real para o valor atual da moeda. Essa foi a alternativa utilizada por uma empresa de inspeção de equipamentos, que optou por controlar o fluxo de caixa dessa maneira.

Apesar de as transações codificadas eliminarem as ameaças online, a moeda ainda não é integralmente segura contra esse tipo de risco. Ainda assim, é o canal mais seguro que conhecemos no momento. 

Até agora, não há como impedir completamente que os cibercriminosos ponham as mãos nas carteiras dos usuários. Isso é particularmente perigoso porque, ao contrário de moedas como o dólar americano e o real, as criptomoedas não são lastreadas ou seguradas.

No entanto, já podemos encontrar no mercado algumas startups de criptomoedas engajadas a mudar isso. Uma empresa de ferro cantoneira, por exemplo, optou por utilizar uma dessas seguradoras online. Em caso de violação, a empresa contratante é assegurada integralmente das perdas. 

No entanto, essas proteções não se aplicam se sua carteira pessoal for invadida; ainda é sua responsabilidade proteger sua conta pessoal, mas você pode ficar tranquilo sabendo que, se a empresa sofrer um ataque, seus fundos estarão seguros.

Há ainda discussões sobre soluções para abordar a segurança da carteira. Algumas empresas empregam um método de verificação biométrica que identifica um usuário com base em sua estrutura facial para conceder acesso à carteira, reduzindo significativamente a capacidade de um ladrão de roubar os bens de alguém.

Esse método também ajuda os usuários a reconstituirem suas carteiras quando o acesso é perdido.

Portanto, utilizar medidas se segurança para processar transações e armazenar pagamentos digitais é uma proteção extra na tecnologia blockchain. Para proteger melhor as contas, é possível habilitar a autenticação multifator, proteger e manter as senhas privadas e até mesmo colocar sua criptografia offline.

Futuro regulatória possível em breve

O cenário regulatório provavelmente mudará em um futuro próximo. 

Os legisladores estão atualmente elaborando regulamentos para regulamentá-la cada vez mais e mais. Uma vez que os regulamentos estejam em vigor, eles provavelmente evoluirão ainda mais, o que significa que os empresários terão que se adaptar.

As mudanças na regulamentação das criptomoedas provavelmente continuarão à medida que a adoção da criptomoeda se expande e surgem novos problemas e dificuldades.

Qualquer empreendedor que opte por aceitar criptomoedas deve estar preparado para se adaptar às mudanças periódicas na lei. Uma empresa de administração de obras que adota a venda criptografada criou um setor específico para acompanhar as regulamentações sobre fazer negócios on-line.

Assim, cada vez mais e mais grandes corporações estão adotando a ideia de uma moeda digital baseada em blockchain para pagamentos. Se as moedas digitais são ou não o futuro, ainda há de ser visto.

Por enquanto, parece que a ascensão meteórica dessa moeda digital está começando a se enraizar na realidade. Embora ainda esteja avançando nesse campo totalmente novo e altamente exploratório, o blockchain também está se mostrando promissor.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp