20/05/2022 às 11h23min - Atualizada em 20/05/2022 às 14h01min

Justiça acata pedido o MP e determina prisão preventiva de homem que matou cão a pauladas no RS

O servidor público acusado de matar um cão a pauladas em Rio Grande, no Sul do Rio Grande do Sul, no começo do ano, teve a prisão preventiva decretada pela 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado. A decisão ocorreu por dois votos a favor e um contra foi publicada nessa quinta-feira (19)....

Porto Alegre 24 Horas
https://poa24horas.com.br/policia/2022/05/justica-acata-pedido-o-mp-e-determina-prisao-preventiva-de-homem-que-matou-cao-a-pauladas-no-rs/

O servidor público acusado de matar um cão a pauladas em Rio Grande, no Sul do Rio Grande do Sul, no começo do ano, teve a prisão preventiva decretada pela 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado. A decisão ocorreu por dois votos a favor e um contra foi publicada nessa quinta-feira (19).

O Ministério Público havia entrado com recurso após o Judiciário rejeitar, em 1ª instância, o pedido de prisão do homem. Ele responde pelos crimes de maus-tratos contra animais e posse irregular de munição de uso permitido. O material foi apreendido na casa do acusado durante cumprimento de mandado de busca no decorrer da investigação feita pela Polícia Civil.

O caso aconteceu no dia 15 de janeiro em uma garagem coletiva localizada no centro da cidade. Imagens das câmeras de segurança do local registraram o momento em que o homem agride diversas vezes o cão da raça buldogue inglês com um instrumento semelhante a um porrete de madeira até ele não resistir. Costela, como era chamado, tinha três anos de idade. O episódio gerou grande comoção na comunidade, já que o animal era bastante conhecido e estimado.

Em depoimento à polícia, o agressor disse estar se defendendo do animal. No entanto, a gravação mostra que o cão apenas corria de um lado para o outro, como se estivesse brincando e não tentando atacá-lo. O homem, que era funcionário da prefeitura local, foi afastado do cargo depois da repercussão do caso. Ele não tinha antecedentes criminais até então.

O mandado de prisão ainda não foi expedido. A Justiça aguarda a audiência de instrumentação do caso, marcada para a próxima quinta-feira (26). Por motivos de saúde, o acusado não compareceu à primeira sessão, que ocorreu ontem, conforme divulgou o MP. Além dele, também serão ouvidos os depoimentos da defesa e de uma testemunha de acusação que não depôs na audiência dessa quinta-feira.

Fonte: Blogdojuares



Fonte: https://poa24horas.com.br/policia/2022/05/justica-acata-pedido-o-mp-e-determina-prisao-preventiva-de-homem-que-matou-cao-a-pauladas-no-rs/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tcheerechim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp