26/05/2022 às 11h05min - Atualizada em 26/05/2022 às 11h05min

Empresário morre dentro do palácio da Polícia em Porto Alegre

Um homem de 39 anos morreu após passar mal durante uma confusão dentro do Palácio da Polícia, em Porto Alegre, na noite de quarta-feira (25). A causa da morte ainda está sendo investigada.

 

De acordo com a polícia, o homem prestava serviços como operador logístico para um aplicativo de delivery, sendo responsável pela gestão do trabalho dos motoboys e pelo repasse do lucro mensal.

 

Por volta das 22h, um grupo de cerca de 40 entregadores foram cobrar o homem por suposta falta de pagamento. Segundo o relato deles, o homem teria pego o dinheiro, cerca de R$ 170 mil, para comprar um carro, e não quitou a dívida.

 

_"Este empregador alegava que não tinha recebido e esses trabalhadores sabiam que tinha recebido e que inclusive já havia adquirido um veículos. Os trabalhadores não receberam seus salários, estão amargando prejuízos de 20, 25, 30 dias de trabalho, que giram de R$ 2 até R$ 5 mil e que são a única fonte de sobrevivência desses trabalhadores", diz o advogado do Sindimoto, Felipe Carmona.

 

O grupo chegou a cercar o carro do operador logístico na Avenida Bento Gonçalves, Zona Leste da Capital. O veículo ficou com os vidros e pára-brisas quebrados.

 

A Brigada Militar passava pelo local e percebeu a situação. O homem e os entregadores foram encaminhados para a 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, que fica no Palácio da Polícia.

 

No local, o empresário registrou ocorrência pelos danos ao veículo e os motoboys pela falta de pagamento.

 

Durante o atendimento, o empresário teria passado mal, ficando desacordado. O Samu foi chamado mas ele morreu no local.

 

A polícia abrirá investigação sobre o caso.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tcheerechim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp