23/06/2022 às 07h30min - Atualizada em 23/06/2022 às 07h30min

Criança de 13 anos morre após briga em saída de colégio

Leouve

Um garoto de 13 anos morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória depois de ser violentamente agredido por outros seis adolescentes, no início da noite desta terça-feira (21), no Jardim Ponta Grossa, em Apucarana, no Norte do Paraná. O crime chocou os moradores da cidade.

Socorristas do Siate, do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), além de profissionais do posto de saúde, realizaram a reanimação do garoto, por cerca de 50 minutos.

Alekson Ricardo Kongeski chegou a ser encaminhado em estado grave ao Hospital da Providência, mas não resistiu aos ferimentos, e morreu.

O garoto tinha problemas de saúde, sofria convulsões e teria passado mal após a briga. O que provocou a morte ainda é apurado pelos órgãos competentes. A Polícia Civil ainda não falou sobre o caso.

Mesmo muito abalada, quase sem condições de conversar, Aline Fernanda, mãe do adolescente Alekson Ricardo Kongeski, de 13 anos, concedeu entrevista ao Site TNOnline. Ela disse que o filho era um garoto muito calmo, que tinha metas de vida e sonhava em ser policial.

Aline ainda contou que conhece os jovens que participaram da briga, que a princípio, o filho nunca sofreu bullying e desconhece a motivação das agressões. "Meu filho era muito calmo, tranquilo, amoroso, inteligente, tinha sonhos, queria muito ser policial, tinha tudo pela frente, ninguém poderia ter feito isso com ele. Ele tem mais três irmãos e estou tentando me manter firme por eles, mas está muito difícil", disse.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tcheerechim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp