28/04/2022 às 15h16min - Atualizada em 28/04/2022 às 16h41min

BUREAU VERITAS CERTIFICA FAZENDAS DE ALGODÃO

Iniciativa integra o Programa Algodão Brasileiro Responsável da Abrapa, avaliando boas práticas agrícolas

SALA DA NOTÍCIA DIX Conteúdo e Relacionamento

São Paulo, abril de 2022 – O Bureau Veritas, líder mundial em Teste, Inspeção e Certificação (TIC), certifica fazendas de algodão participantes do programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR), garantindo boas práticas agrícolas, principalmente em relação a segurança e saúde dos trabalhadores rurais. A certificação integra o programa da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) e avalia critérios como cumprimento das normas trabalhistas, cuidado ambiental e conformidade técnica, fomentando uma gestão mais sustentável de fazendas brasileiras.

“O Bureau Veritas desempenha um importante papel na economia algodoeira, inspecionando a qualidade de cerca de 90% do algodão produzido no Brasil. Com o Selo ABR, auxiliamos nas fases iniciais assegurando as condições de trabalho e a integridade dos colaboradores nas fazendas para uma produção mais eficiente e segura”, afirma Andressa Lisboa, diretora de Certificação e Auditoria do Bureau Veritas.

“Nossa missão é promover a evolução progressiva das boas práticas agrícolas, ambientais e sociais. É imprescindível que tenhamos parceiros criteriosos como o Bureau Veritas para construir uma boa imagem para o algodão brasileiro e conquistar espaço no crescente mercado de produtos cada vez mais sustentáveis”, destaca Júlio Cézar Busato, presidente da Abrapa.

O processo de certificação das fazendas de algodão engloba análise de documentos e auditoria presencial nas fazendas para avaliar as condições do ambiente de trabalho, como higiene e conforto, e adoção de medidas de prevenção e proteção para garantir que todas as atividades, locais, máquinas, equipamentos e ferramentas sejam seguros para os colaboradores. As vistorias são realizadas por equipe especialista do Bureau Veritas, acompanhada de representantes da Abrapa e associadas estaduais. A certificação conta ainda com 51 critérios mínimos de produção de aprovação obrigatória, acordados com a Better Cotton Iniciative. A certificação ABR também busca garantir a valorização da mão de obra dos colaboradores e garantias dos direitos trabalhistas, vinculados à NR31, norma voltada à saúde e à segurança em atividades agrícolas.

O programa Algodão Brasileiro Responsável, criado pela Abrapa, se propõe a fazer toda a conformidade da produção, desenvolver uma imagem para o algodão brasileiro e alinhar os pilares da Sustentabilidade com questões governamentais e entidades do setor agrícola. Ao aderir ao programa, os cotonicultores atendem às preferências do consumidor por produtos que tenham em sua origem esforços pela preservação ambiental e justiça social. Outro benefício é a adoção de processos mais eficientes e rentáveis, que auxiliam no crescimento e desenvolvimento da economia algodoeira no Brasil. Em 2021, 84% da pluma produzida no Brasil foi certificada e cada vez mais produtores estão aderindo ao programa ABR.

Sobre o Grupo Bureau Veritas
Com receita global de 4,9 bilhões de euros, o Bureau Veritas é líder mundial em Teste, Inspeção e Certificação (TIC). Fundado em 1828, o Grupo está presente em 140 países, atendendo mais de 400 mil clientes. São 80 mil colaboradores localizados em mais de 1.600 escritórios e laboratórios pelo mundo, sendo 5 mil profissionais no Brasil. O Bureau Veritas oferece um portfólio completo de serviços e soluções inovadoras para garantir que ativos, produtos, infraestrutura e processos atendam aos padrões e regulamentações de qualidade, saúde e segurança, proteção ambiental e responsabilidade social.

Sobre a Abrapa
A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão tem como propósito garantir e incrementar a rentabilidade do setor por meio da união e organização dos seus agentes, buscando a sustentabilidade estratégica e atuando política, social e economicamente junto aos setores públicos e privados. Criada em 1999, a Abrapa assumiu o compromisso de tornar a cotonicultura brasileira cada vez mais conhecida e competitiva, tanto no cenário nacional quanto internacional, e é constituída por 10 associações estaduais, representando 99% de toda a área plantada, 99% da produção e 100% da exportação de algodão no Brasil.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp