28/04/2022 às 17h38min - Atualizada em 29/04/2022 às 00h00min

Biden pede ajuda de US$ 33 bilhões ao Congresso para apoiar a Ucrânia nos próximos cinco meses

Pacote proposto inclui: assistência militar e humanitária, e transferência de ativos apreendidos de oligarcas russos

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/mundo/biden-pede-ajuda-de-us-33-bilhoes-ao-congresso-para-apoiar-a-ucrania-nos-proximo-cinco-meses.html

O presidente dos Estados Unidos, Joe Bien pediu, nesta quinta-feira, 28, ao Congresso mais US$ 33 bilhões para apoiar a Ucrânia nos próximo cinco meses, em sinal de conflito prolongado. “A solicitação de financiamento do presidente é o que cremos ser necessário para permitir o êxito da Ucrânia”, declarou um alto funcionário americano que também informou que US$ 20 bilhões serão distribuídos em assistência militar e de segurança, que permitirá que “armas e munições cheguem ao povo ucraniano”, acrescentou. A outra parte do financiamento será dividido da seguinte forma: US$ 8,5 bilhões ajudarão o governo da Ucrânia responder à crise imediata, US$ 3 bilhões para financiar a assistência humanitária e enfrentar a comoção mundial em relação ao preço do fornecimento de alimentos resultante da invasão russa à Ucrânia, um importante exportador de trigo.

“Temos todas as expectativas de que nossos sócios e aliados, em particular os do G7, assim como muitos outros países, continuem enviando níveis comparáveis de assistência”, disse o alto responsável. O pacote proposto também inclui financiamento para abordar as perturbações econômicas nos Estados Unidos e em outros lugares, que vão desde o impacto no fornecimento de alimentos até a disponibilidade de componentes importantes utilizados na fabricação de alta tecnologia. Desde o começo do conflito, os EUA afirmam terem gastado mais de US$ 14 bilhões.

A informação vem durante uma semana tensa do conflito na Ucrânia, visto que o Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavriov, informou que há chances reais de uma Terceira Guerra Mundial, o que fez com que os países ocidentais se reunissem para debater um novo envio de armas para a Ucrânia, sendo a Alemanha o maior destaque por romper, pela segunda vez, com sua política e informar que vai enviar armamento pesado e, diante desses ocorridos, o presidente russo, Vladimir Putin, ameaçou, com arma nuclear, qualquer país tem tente interferir no conflito que já dura três meses no Leste Europeu.

Além do novo financiamento, Biden também anunciou uma proposta para aumentar a pressão sobre o círculo interno bilionário de Putin, com melhores procedimentos de confisco que permitem que os bens dos oligarcas sejam vendidos para remediar os danos causados pela Rússia. Os aliados da União Europeia já congelaram, até hoje, mais de US$ 30 milhões em ativos russos, incluídos quase US$ 7 bilhões de dólares em bens de luxo pertencentes aos oligarcas, entre eles, iates, obras de arte, propriedades e helicópteros, disse o Executivo americano. Os Estados Unidos têm “sancionado e bloqueado embarcações e aeronaves no valor de mais de 1 bilhão de dólares, assim como congelado centenas de milhões de dólares em ativos pertencentes às elites russas em contas americanas”, disse o comunicado. Uma das últimas apreensões foi a de um super iate de 90 milhões de dólares de propriedade do multimilionário russo Víctor Vekselberg.

Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/mundo/biden-pede-ajuda-de-us-33-bilhoes-ao-congresso-para-apoiar-a-ucrania-nos-proximo-cinco-meses.html

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp