29/04/2022 às 09h12min - Atualizada em 29/04/2022 às 09h12min

Cigarro foi a causa de queda de avião que vitimou 66 pessoas

https://ndmais.com.br/internet/incendio-em-aviao-que-caiu-matando-66-pessoas-foi-provocado-por-cigarro-do-piloto/
Google

Um incêndio causado pelo cigarro do piloto que conduzia uma aeronave da França ao Egito foi o responsável pela queda do avião que matou 66 pessoas, em maio de 2016, conforme apontou o relatório de investigação do Bureau of Inquiry and Analysis for Civil Aviation Safety. O avião caiu na ilha grega de Creta.

A fumaça na cabine do piloto Mohamed Said Shoukair provocou as chamas na ponta do jato Airbus A320. O acidente matou 56 passageiros e 10 tripulantes, entre eles 12 franceses, 30 egípcios, dois iraquianos, um canadense e um britânico.

Os pilotos da EgyptAir, companhia que fazia o trajeto, eram autorizados a fumar no cockpit, mas, após o desastre, a regra mudou. O fumo a bordo, combinado com o vazamento de oxigênio, criou o cenário para o incêndio, segundo especialistas em aviação franceses.

O voo MS804 da EgyptAir, em 19 de maio de 2016, ia do Aeroporto Charles de Gaulle, de Paris, para o Aeroporto Internacional do Cairo, quando caiu entre a ilha grega de Creta e o norte do Egito.

Em março de 2022, os investigadores divulgaram um novo relatório, afirmando que o oxigênio vazou da máscara de oxigênio de um piloto na cabine pouco antes do acidente, com base em dados da caixa-preta.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp