14/05/2022 às 14h24min - Atualizada em 15/05/2022 às 00h00min

Ucrânia diz que vai vencer a guerra até o final do ano e resiste a ataques russos

Autoridades dizem que o ponto de inflexão acontecerá na segunda quinzena de agosto; 'a maioria das operações militares acabará até dezembro", declaram

Jovem Pan
https://jovempan.com.br/noticias/mundo/ucrania-diz-que-vai-vencer-a-guerra-ate-o-final-do-ano-e-resiste-as-escaladas-russas.html

A Ucrânia tem esperança de vencer a guerra contra a Rússia até o final do ano. A vitória “não será fácil, mas acontecerá” antes do fim do ano, declarou Kyrylo Budanov, chefe da inteligência militar ucraniana. De acordo com as autoridades, os ucranianos estão resistindo e, mesmo com os bombardeios recorrentes realizados na região de Luhansk e Donetsk, as topas russas enfrentam uma dura resistência nas áreas do leste do país, onde concentram sua ofensiva atualmente. “O ponto de inflexão acontecerá na segunda quinzena de agosto. A maioria das operações militares acabará até o fim do ano”, previu. Após a guerra, “vamos restabelecer o poder ucraniano em todos os territórios que perdemos, incluindo Donbass e Crimeia“, acrescentou.

As declarações foram feitas em um momento de intensificação dos combates na região do Donbass, controlada em grande parte desde 2014 por separatistas pró-Rússia e onde Moscou concentra a ofensiva há algumas semanas, mas sem conquistar avanços significativos. Desde a invasão, em 24 de fevereiro, o exército de Vladimir Putin não consegue “conquistas significativas”, disse uma fonte do Departamento de Defesa dos Estados Unidos que pediu anonimato. “A artilharia ucraniana contra-ataca os esforços russos para ganhar território”, acrescentou. O Estado-Maior ucraniano afirmou que impediu 10 ataques contra às duas regiões nas últimas 24 horas, quando foram registrados 30 bombardeios em Donbass.  

Os quase três meses de guerra deixaram milhares de mortos e mais de 14 milhões de refugiados e deslocados. Mas as vitórias russas se limitam à cidade de Kherson e à conquista quase total de Mariupol (sudeste), no Mar de Azov. No fim de março, Moscou desistiu de tomar Kiev e passou a concentrar as atividades no sul e leste da Ucrânia, onde ocupa amplas faixas de território, mas pouco núcleos de importânia. Na região nordeste, as tropas ucranianas afirmam que estão recuperando espaço nas imediações de Kharkiv, segunda maior cidade do país. “A libertação progressiva da região demonstra que não deixaremos ninguém nas mãos do inimigo”, declarou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. “Nossas Forças Armadas estão fazendo o inimigo recuar e as pessoas estão começando a retornar para suas casas”, disse Oleg Synegubov, governador da província. Desde 9 de maio, quando a Ucrânia temia uma grande ação militar da Rússia em comemoração ao aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista, os retornos se intensificaram, com 34 mil pessoas voltando à Ucrânia, segundo dados da guarda fronteiriça ucraniana. 

Fonte: https://jovempan.com.br/noticias/mundo/ucrania-diz-que-vai-vencer-a-guerra-ate-o-final-do-ano-e-resiste-as-escaladas-russas.html

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tcheerechim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp