12/05/2022 às 13h17min - Atualizada em 13/05/2022 às 00h00min

Veja dá continuidade ao programa para valorização do trabalho doméstico no Brasil

Uma das iniciativas destaca, pela primeira vez, uma especialista do setor como porta-voz da categoria na maior rede profissional do mundo, o LinkedIn

SALA DA NOTÍCIA Natalia Caringi de Melo
www.vejacomocoracao.com.br
Divulgação
São Paulo, 2022 - Trabalhar na casa das pessoas para que elas também possam trabalhar: essa é a missão das trabalhadoras domésticas que, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), representa 5,7 milhões do total de pessoas ocupadas no país: entre as mulheres é o segundo maior grupo ocupacional, atrás apenas do comércio. Mas, apesar de grande e importante, não é uma profissão reconhecida como economicamente relevante pela sociedade. Por isso, Veja®, marca de produtos de limpeza da Reckitt Hygiene Comercial, lança o movimento #VejaMeuTrabalho, um convite para que a sociedade desperte para essa profissão que é invisibilizada e sem reconhecimento compatível com a importância que possui no dia a dia de milhares de brasileiros.

A nova campanha faz parte do Veja® com o Coração'',  programa da marca que tem o objetivo de dar visibilidade ao problema social enfrentado pelas trabalhadoras, bem como contribuir com a conscientização da sociedade sobre a importância e desafios da categoria e promover qualificação socioprofissional para essas profissionais, e conta com a parceria da Organização da Sociedade Civil THEMIS – Gênero, Justiça e Direitos Humanos, que atua na defesa e na promoção dos direitos das mulheres, e da Fenatrad (Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas).

Segundo pesquisa realizada por Veja® em 2021, em parceria com o Plano CDE, empresa de pesquisa e avaliação de impacto especializada com famílias das classes C, D e E no Brasil, mais de 70% das trabalhadoras domésticas se sentem inferiorizadas no local de trabalho. A pesquisa mostra ainda que 63% das mensalistas não recebem 13º ou férias, sendo que, segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), atualmente 75% dessas trabalhadoras não possuem carteira de trabalho assinada, ou seja, não contam com as proteções e garantias perante a lei. Além disso, a economista Hildete Pereira de Melo, da Universidade Federal Fluminense, realizou um estudo que mostra que, se fossem contabilizadas, as tarefas domésticas corresponderiam a 11% do PIB brasileiro, uma informação que exemplifica ainda mais a importância deste trabalho. E, foi por esses dados e muitos outros que Veja® abraça a causa desde 2020, e lança agora o movimento #VejaMeuTrabalho.
“Estamos há mais de 50 anos dentro dos lares brasileiros cuidando com amor das famílias por meio dos nossos produtos. A invisibilidade e o problema social enfrentado pelas trabalhadoras domésticas precisam ganhar cada vez mais destaque na nossa sociedade. Por isso o lançamento desta campanha é tão importante, para que elas ocupem lugares que normalmente não são ocupados por elas, ganhando visibilidade”, revela Fernando Gama, Diretor de Marketing de Veja da Reckitt Hygiene Comercial. 

Para contar essa história, a marca convidou a mulher que está à frente da causa da trabalhadora doméstica no Brasil, a Luiza Batista, Coordenadora Geral da Fenatrad, para estar no lugar em que os maiores executivos do país estão presentes, o LinkedIn. Com o suporte de Veja®, Luiza trará seus ensinamentos e reflexões sobre a profissão e luta pelos direitos dessas mulheres. Ela é a primeira especialista do setor, porta-voz das trabalhadoras, a ocupar o LinkedIn como um espaço de discussão da profissão.

“São 85 anos de luta. Há 48 conquistamos os primeiros direitos, e ainda hoje eles não são respeitados da forma como devem. Assim como existem especialistas de diversas outras áreas como TI, administração e etc, as trabalhadoras domésticas são especialistas nos cuidados com a casa. Por isso estou tão feliz em estar dentro de uma plataforma com tanto alcance e que me trará a oportunidade de conscientizar e dialogar no mesmo lugar em que estão os grandes executivos. Afinal, sabemos que eles são vozes poderosas e que podem nos ajudar nesta luta contra a invisibilidade”, celebra Luiza.

Ainda como parte da campanha #VejaMeuTrabalho, nove trabalhadoras domésticas foram selecionadas para ocupar as redes sociais da marca. A editoria Mulheres Visíveis trouxe fotos produzidas por um fotógrafo contando suas histórias, conquistas e o que elas esperam do futuro.

“Além de trazer mais visibilidade para o trabalho destas profissionais, ouvi-las e ter a oportunidade de contar suas histórias é uma forma de conseguirmos dar protagonismo às trabalhadoras domésticas. Acreditamos que ao construir um programa de propósito estamos promovendo não só a reflexão, mas principalmente uma mudança de comportamento da sociedade para alcançar melhores condições de trabalho para essas profissionais. Esperamos que as trabalhadoras se sintam representadas” finaliza Lívia Berrocal, Gerente de Propósito da Reckitt Hygiene Comercial.

Tanto o programa Veja® com o Coração, como a nova campanha #VejaMeuTrabalho, possuem o apoio da THEMIS, que atua há 25 anos na defesa e promoção dos direitos das mulheres e oferece às trabalhadoras domésticas cursos sócio profissionalizantes, de empoderamento legal, Direitos Humanos, entre outros.

Para saber mais sobre a campanha e o programa, acesse www.vejacomocoração.com.br
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://tcheerechim.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp