03/08/2022 às 23h13min - Atualizada em 04/08/2022 às 00h02min

Cozinheiro será levado a julgamento pelas mortes de pai e filho em empresa na cidade de Triunfo

A Vara Judicial da Comarca de Triunfo (Região Carbonífera) aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) contra o

Rádio Pampa
https://www.radiopampa.com.br/cozinheiro-sera-levado-a-julgamento-pelas-mortes-de-pai-e-filho-em-empresa-na-cidade-de-triunfo/

A Vara Judicial da Comarca de Triunfo (Região Carbonífera) aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) contra o cozinheiro Ivandir Oliveira, 39 anos, por dois homicídios triplamente qualificados. No dia 28 de junho, após discussão na empresa onde trabalhava, ele matou a tiros o seu patrão e o filho.

O crime foi cometido em uma operadora de rádio-táxi na localidade de Passo Raso e teve como vítimas Nelson Ferreira, 61 anos, e Anderson Ferreira, de 36. De acordo com o processo, o incidente teve como motivo uma reprimenda do dono do estabelecimento à esposa do funcionário, que havia ordenhado sem autorização uma vaca da propriedade.

Assim que ouviu o relato de sua mulher, o cozinheiro foi até o proprietário para cobrar explicações. Houve bate-boca, troca de agressões e tentativa do filho do patrão em apaziguar os ânimos. Mas o empregado pegou um revólver em seu carro e disparou diversas vezes contra Nelson e Anderson no refeitório.

Gravemente feridas, as vítimas chegaram a receber atendimento médico no estabelecimento, próximo a uma rodovia. Mas acabaram falecendo em um hospital de Montenegro (Vale do Caí).

Convivência

O duplo homicida residia com sua família (dois filhos menores de idade e a mulher que foi pivô da discussão) em uma casa cedida nos fundos do estabelecimento. Ele também mantinha relação antiga de amizade com o dono da empresa. Também não há relato de brigas anteriores entre ambos.

Na ocasião do crime, o cozinheiro respondia a processo em regime semiaberto de prisão pela prática de outros crimes, tendo retirado a tornozeleira eletrônica durante a fuga. Considerado foragido, ele acabou se entregando em 1º de julho, três dias após cometer os assassinatos.

(Marcello Campos)



Fonte: https://www.radiopampa.com.br/cozinheiro-sera-levado-a-julgamento-pelas-mortes-de-pai-e-filho-em-empresa-na-cidade-de-triunfo/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp